quarta-feira, 3 de agosto de 2011

DICAS UTEIS...

diminuições

Uma diminuição é a eliminação de um ponto durante o trabalho. Existem várias maneiras de fazer diminuições, como existem várias maneiras de fazer aumentos. Como estas últimas, as diminuições são executadas numa carreira, sendo a carreira seguinte simples, isto é, são feitas a cada duas carreiras.

Diminuição Simples


No direito do trabalho



Inclinada para a esquerda:
tirar um ponto sem fazer em meia, tricotar o seguinte em meia. Com a agulha esquerda, rematar o ponto sem fazer da direita para a esquerda, sobre o ponto tricotado.



Para evitar que o ponto rematado seja maior que o ponto tricotado, esta diminuição pode ser feita do seguinte modo: tirar dois pontos sem fazer em meia, fazer uma laçada e rematar os dois pontos sobre esta laçada.



Pode-se também tricotar dois pontos juntos em meia pegando por trás, mas deste modo os dois pontos serão torcidos, o que resultará numa diminuição levemente em relevo.



Inclinada para a direita: pegar dois pontos juntos, introduzindo a agulha direita, da esquerda para a direita, primeiro no segundo, depois no primeiro ponto e tricotá-los juntos em meia.


No avesso do trabalho

Inclinada para a esquerda, no direito do trabalho: com a agulha esquerda, retomar o último p. da ag. direita.



Rematar o segundo ponto da agulha esquerda sobre o primeiro e pôr novamente este ponto na agulha direita.


Inclinado para a direita, no direito do trabalho:
pegar dois pontos juntos, introduzindo a agulha direita, primeiro no primeiro ponto, depois no segundo e
tricotá-los juntos em tricô.


Diminuição Dupla
Uma diminuição dupla elimina dois pontos duma vez. É usada nos chevrons, na ponta de um decote em V, como também nos pontos furadinhos ou rendados. A escolha de um ou de outro método é determinada pelo efeito decorativo desejado, que contribui em grande parte para a beleza do ponto.


No direito do trabalho

Inclinada para a esquerda:
tricotar três pontos juntos em meia, pegando-os por trás, isto é, introduzindo a agulha direita, da direita para a esquerda, primeiro no primeiro ponto, depois no segundo e finalmente no terceiro. Deixar cair os três pontos de uma vez da agulha esquerda.



Inclinada para a direita:
tricotar três pontos juntos em meia, pegando-os pela frente, isto é, introduzindo a agulha direita, da esquerda para a direita, primeiro no terceiro, depois no segundo e, finalmente, no primeiro ponto. Deixá-los cair, os três duma vez, da agulha esquerda.


 Sobreposição para a esquerda:
tirar um ponto sem fazer em meia, tricotar juntos em meia os dois pontos seguintes, depois com a agulha esquerda, rematar, da direita para a esquerda, o ponto sem fazer sobre o ponto obtido. Este ponto forma o eixo da diminuição dupla.


 Sobreposição para a direita:
tirar um ponto sem fazer em meia, tricotar o ponto do meio em meia e rematar o ponto sem fazer sobre ele; pegá-lo na agulha esquerda e rematar por cima, da esquerda para a direita, o segundo ponto desta agulha. Colocar novamente o ponto do meio na agulha direita.



No sentido vertical: tirar dois pontos sem fazer ao mesmo tempo em meia, isto é, introduzir a agulha da direita para a esquerda, primeiro no segundo, depois no primeiro ponto; tricotar o ponto seguinte em meia e rematar os dois pontos sem fazer sobre o ponto tricotado.


No avesso do trabalho

Sobreposição para a esquerda no direito: tricotar dois pontos juntos em tricô. O ponto obtido é o ponto do meio da diminuição dupla. Pegá-lo novamente na agulha esquerda e rematar por cima, da esquerda para a direita, o segundo ponto desta agulha. Pôr novamente o ponto do meio na agulha direita.



Sobreposição para a direita no direito: tirar um ponto sem fazer em tricô e tricotar o seguinte (do meio). Tirar um ponto sem fazer em meia e retomá-lo com a agulha esquerda, virando-o (torcido). Retomar também o ponto do meio e rematar o ponto torcido sobre ele. Pôr novamente o ponto do meio na agulha direita e rematar o ponto sem fazer sobre ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário